Geraldo Julio ganha sinais concretos de apoio no PSB 

Nos bastidores, a avaliação é que os afagos públicos a Geraldo Julio apontam para uma convergência política no PSB para liderar o processo da Frente Popular no próximo ano.

1

Ex-prefeito do Recife e atual secretário de Desenvolvimento Econômico de Paulo Câmara, Geraldo Julio recebeu ao menos três sinalizações de socialistas com vistas a 2022. A primeira partiu do governador, quando afirmou a esta coluna que o candidato do PSB era o seu secretário de Desenvolvimento Econômico.

Os movimentos se intensificaram com mais duas declarações importantes, primeiro o presidente do PSB, Sileno Guedes, fez coro a Paulo Câmara e enfatizou as credenciais de Geraldo para a disputa, e o deputado estadual Aluisio Lessa, que até recentemente ocupava a secretaria de Ciência e Tecnologia, também enalteceu a opção por Geraldo durante entrevista ao Folha Política de ontem.

Nos bastidores, a avaliação é que os afagos públicos a Geraldo Julio apontam para uma convergência política no PSB para liderar o processo da Frente Popular no próximo ano. Eles acontecem após o ex-prefeito repisar que não seria candidato a governador em 2022, porém os socialistas fazem a observação de que pelo fato de ter sido prefeito do Recife e elegido o sucessor, Geraldo está mais do que credenciado para o posto, sendo a opção mais efetiva para a disputa do próximo ano no sentido de ganhar a eleição e manter o legado das gestões socialistas em Pernambuco.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA