PSB prepara chapas proporcionais para 2022 

Com onze deputados estaduais e cinco federais, o PSB pretende ampliar suas chapas proporcionais para a disputa de 2022

7

Com onze deputados estaduais e cinco federais, o PSB pretende ampliar suas chapas proporcionais para a disputa de 2022, numa conta preliminar, o partido poderá eleger até oito representantes na Câmara Federal e chegar a pelo menos quinze deputados estaduais. O partido já conversa com nomes que podem representar candidaturas regionalizadas a exemplo de Rodrigo Farias, que terá como principal base Surubim, Danillo Godoy, que terá sua partida em Bom Conselho, e Tião do Gesso, que foi candidato a prefeito de Araripina e poderá figurar nos quadros socialistas, outro nome com boas chances de ser candidato é o presidente da Amupe e ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota.

Na própria composição da Alepe atual, são esperados pelo menos dois deputados estaduais que estão em outros partidos, o atual presidente da Casa Joaquim Nabuco, Eriberto Medeiros, e o atual secretário de Turismo, Rodrigo Novaes, que estão no PP e no PSD, respectivamente. Um outro nome que promete abalar as estruturas é Pedro Campos, irmão do prefeito João Campos, que poderá ser um importante puxador de votos para a Alepe.

No âmbito federal, além dos atuais mandatários, são esperados Lucas Ramos e Eriberto Rafael como candidatos a deputado federal, ambos com potencial para mais de 80 mil votos, e ainda há forte expectativa sobre a possibilidade de Paulo Câmara ser candidato nas eleições do próximo ano, e uma tentativa de deputado federal não estaria descartada, configurando-se numa espécie de puxador de votos do partido.

Com a dúvida se haverá a mudança da regra eleitoral, o PSB faz o dever de casa e com isso estará preparado para qualquer cenário, ajudando a Frente Popular a manter grande representatividade nas duas casas legislativas.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA