Ex-vereador esfaqueia mulher no pescoço

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que está tratando o caso como tentativa de feminicídio, quando o crime é praticado por uma questão de gênero.

25

Uma mulher foi esfaqueada no pescoço pelo companheiro, durante uma briga de casal, hoje, em Lagoa do Carro, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, distante 60 quilômetros do Recife. A vítima é uma candidata a vereadora não eleita. O autor foi identificado como ex-vereador da cidade. As informações são do G1 Pernambuco.
 
Segundo a polícia, o crime ocorreu após um “desentendimento do casal”. A vítima, Juliana Maria da Silva, de 33 anos, foi atendida em uma unidade de saúde da região e, em seguida, transferida para um hospital no Grande Recife.
 
O autor do crime, o ex-vereador José Cavalcante Melo, o Dedé da Água, de 57 anos, se apresentou à delegacia, com dois advogados. A polícia disse que ele confessou a tentativa de assassinato, mas não foi preso porque não possível configurar o flagrante.
 
Juliana da Silva, conhecida como July Zumba, tentou a eleição para a Câmara de Vereadores de Lagoa do Carro, pelo PSC, em 2020. Dedé da Água foi parlamentar na cidade e se elegeu em 2016, pelo PTN.
 
Por meio de nota, a Polícia Civil informou que está tratando o caso como tentativa de feminicídio, quando o crime é praticado por uma questão de gênero.
 
Ainda segundo a corporação, o autor do crime alegou que teve um desentendimento com a vítima. Durante a discussão, ele confessou que desferiu um golpe de arma branca na companheira.
 
Na Delegacia de Lagoa do Carro, o delegado Thiago Henrique interrogou o suspeito. A equipe da polícia também apreendeu a faca usada no crime. “Foi instaurado o procedimento policial, mediante a expedição de portaria, tendo em vista apresentação espontânea do autor do delito, o que inviabiliza a lavratura do auto de prisão em flagrante”, informou a polícia, no comunicado.
 
Também por meio de nota, a Polícia Militar informou que foi acionada por volta do meio-dia desta terça. A equipe recebeu a informação de que a mulher tinha dado entrada no hospital local com ferimento produzido por faca peixeira. Magno Martins

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA