Polícia Civil terá reforço de 60 novos delegados até final do ano

Hoje ocorreu a aula inaugural do curso de formação dos profissionais, que deverão estar na ativa já no final deste ano.

12

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) terá reforço de 60 novos delegado(a)s até o final de 2021. De acordo com o Governo de Pernambuco, a previsão é que a turma conclua a formação no final de 2021. Nos próximos meses, os candidatos terão 732 horas-aula no Campus de Ensino Recife, da Academia Integrada de Defesa Social (Acides), distribuídos em seis turmas. Desde 2015, foram formados e incorporados cerca de 6.798 profissionais à segurança pública do Estado, entre policiais militares, civis, científicos e bombeiros militares.

“Estamos reafirmando nosso compromisso com a segurança pública, fortalecendo o Pacto Pela Vida, que tem ajudado Pernambuco a enfrentar momentos difíceis. Com essas formações, temos o objetivo de fazer com que todas as delegacias estejam cada vez mais fortalecidas e supridas, para que possamos atender bem a população pernambucana”, destacou Paulo Câmara (PSB), durante a aula inaugural, em conferência virtual.

No mês de julho deste ano tiveram início as turmas de formação de 80 oficiais, sendo 60 para a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) e 20 para o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE), além de 750 praças para a PMPE e 100 para o CBMPE. Nesta terça-feira (3), está programada a aula inaugural do curso que vai formar 50 novos médicos legistas e 45 auxiliares de perito da Polícia Científica de Pernambuco.

De acordo com o secretário estadual de Defesa Social, Humberto Freire, Pernambuco tem um cenário de redução contínua dos homicídios em 2021, mas é preciso aprofundar as investigações, dar mais celeridade aos inquéritos e ampliar a resolução de crimes de toda natureza, com definição de autoria.

“Essas são metas do Pacto pela Vida, e é por meio dos recursos humanos, como essa nova turma de delegados, que conseguimos executar esse planejamento”, afirmou o secretário, acrescentando que em 2018 foram formados 140 delegados, e além dos 60 concluintes do curso iniciado agora, haverá nova convocação de mais 40 aprovados no mesmo concurso, fortalecendo o trabalho da Polícia Judiciária em todo o Estado.

Segundo o chefe de Polícia Civil, delegado Nehemias Falcão, o novo efetivo ampliará as Operações de Repressão Qualificada (ORQs). Em 2021, mais de 50 ORQs já foram realizadas, desarticulando organizações criminosas. “Estamos fazendo um estudo técnico para lotar esses futuros delegados em alguns territórios mais aquecidos, com maior dificuldade de reduzir a criminalidade na mesma proporção alcançada pelo Estado como um todo”, reforçou Falcão.

Participaram da cerimônia desta segunda-feira a vice-governadora Luciana Santos; os secretários Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos), Ana Elisa Gadelha (Mulher) e Rinaldo Souza (executivo de Defesa Social); além do presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Fernando Cerqueira; a desembargadora do TJPE, Daisy Maria de Andrade; o promotor de Justiça do Ministério Público de Pernambuco, Luís Sávio Loureiro; e o defensor público-geral, José Fabrício Silva de Lima.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA