Prazo de definição da oposição é prorrogado para dezembro

A definição está entre os prefeitos Anderson Ferreira, Miguel Coelho e Raquel Lyra

6

Com três pré-candidaturas colocadas a governador, a oposição sinaliza nos bastidores que irá prorrogar a definição sobre aquele que disputará o Palácio do Campo das Princesas em 2022. A definição está entre os prefeitos Anderson Ferreira, Miguel Coelho e Raquel Lyra,  e a ideia de definir em dezembro, além de buscar a tão sonhada unidade, é fazer com que o escolhido tenha tempo suficiente para construir um palanque competitivo.

Outra premissa não descartada seria a possibilidade de dois prefeitos renunciarem para disputar o governo e o Senado. Na avaliação de um deles em reserva, a presença de dois ex-prefeitos na chapa majoritária daria mais robustez ao projeto e conseguiria emitir um sinal de confiança na competitividade do grupo.

Recentemente o deputado federal André Ferreira, irmão do prefeito de Jaboatão, declarou que a oposição só deveria ter a renúncia de um prefeito para compor a chapa majoritária, os demais postos seriam completados com outros atores, porém a decisão está longe de ser um consenso no grupo oposicionista.

Em meio aos rumores da aliança entre PT e PSB se concretizar, o que colocaria Lula no palanque socialista, é fundamental a unidade oposicionista, pois se houver qualquer tipo de fragmentação, beneficiaria o favoritismo da Frente Popular em 2022

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA