Biden recebe dose de reforço da Pfizer e critica quem não se vacinou

Biden recebeu sua primeira dose da vacina contra covid-19 da Pfizer em 21 de dezembro de 2020 e a segunda, em 11 de janeiro deste ano, ambas quando ainda era presidente eleito.

4

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, recebeu hoje uma dose de reforço da vacina da Pfizer contra covid-19. Assim como aconteceu em dezembro e janeiro, quando Biden tomou as duas primeiras doses, o momento da aplicação foi transmitido ao vivo pela Casa Branca, como forma de incentivar os americanos a se imunizarem também.

“Doses de reforço são importantes, mas o mais importante que temos que fazer é vacinar mais pessoas”, disse o presidente americano, acrescentando que, apesar de a maioria da população “estar fazendo a coisa certa”, aproximadamente 23% dos americanos elegíveis ainda não tomaram nem a primeira dose.

Biden recebeu sua primeira dose da vacina contra covid-19 da Pfizer em 21 de dezembro de 2020 e a segunda, em 11 de janeiro deste ano, ambas quando ainda era presidente eleito.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA